Ativos botânicos parte 1 – Extratos glicólicos

Conforme disse no post anterior sobre cosméticos e suas bases, vou falar agora sobre os ativos botânicos que são os princípios ativos da grande maioria dos cosméticos e medicamentos. Eu gosto de dividir os ativos botânicos em 3 categorias: extratos glicólicos, óleos essenciais e óleos de base (os mesmos usados como base para cosméticos também servem como ativos). Neste post vou falar sobre os extratos glicólicos.

Extratos Glicólicos ou também conhecidos como extratos vegetais, são obtidos por processos de maceração, infusão ou percolação de ervas, flores, raízes, etc., em um solvente hidro-glicólico que pode ser o propilenoglicol (um tipo de álcool que age como hidratante em cosméticos, medicamentos, etc) ou a glicerina, puros ou misturados. Os extratos glicólicos contém em si todos os princípios ativos de determinada planta, dissolvidos na solução de glicerina ou de álcool, são solúveis em água, géis, produtos de base aquosa, glicerinada e também em bases hidro-lipídicas (mistas). São amplamente utilizados em produtos cosméticos, tanto para a pele quanto para os cabelos, em concentrações que variam normalmente de 1% a 10%. NÃO DEVEM SER INGERIDOS, seu uso é exclusivamente cosmético.

Como se beneficiar deles: você pode escolher o extrato vegetal com as características que você mais necessita e adicioná-lo em seu shampoo, condicionador, sabonete líquido ou em seus cremes para o corpo e rosto.  Para uma margem de segurança,  o ideal seria utilizar uma concentração de 5% do extrato para a quantidade de produto, pois as chances de causar alergia serão mínimas. Uma proporção que serve bem para quase a totalidade dos extratos glicólicos é: para cada 100ml de produto (shampoo, condicionador, creme, etc) você usar uma colher de chá (5ml) de extrato glicólico.  Alguns extratos glicólicos podem ser usados em concentrações de até 10%, o que equivaleria a duas colheres de chá de extrato para cada 100ml de produto, mas para tanto seria necessário a pessoa conhecer mais a fundo a composição dos extratos para saber quais podem ser usados em maior ou menor quantidade. Por via das dúvidas, use a regra de concentração de 5%.

Abacateiro: tem ação hidratante, calmante e suavizante. É também indicado para peles e cabelos secos e ressecados.

Açaí: Por conter sais minerais atua como remineralizante, além de possuir propriedades hidratantes e emolientes para a pele e cabelos.

Alecrim: tem ação dermopurificante, tonificante, estimulante celular, antioxidante, protetor de tecidos e ativador da circulação periférica. Tem ação anticaspa, previne a queda e confere brilho aos cabelos. Usado também para pele acnêica.

Algas: tem ação emoliente, cicatrizante, remineralizante, suavizante e hidratante. Pode ser usado como coadjuvante no tratamento externo da celulite, e em produtos para peles delicadas e secas.

Algodoeiro: Anti-inflamatório, ajuda a combater acnes e cravos, é hidrófilo.

Alho: Rubefasciente, anti-inflamatório e anti-radicais livres, antiacnéico.

Aloe Vera (Babosa): tem ação emoliente, cicatrizante, tonificante, antiinflamatória, suavizante, lenitiva, refrescante, hidratante, protetora e restauradora de tecidos. Usado em preparações para peles delicadas, sensíveis, irritadiças e/ou secas.

Amêndoas Doces: Excelente emoliente e hidratante para pele do rosto, corpo e cabelos.

Arnica: tem ação adstringente, ativador da circulação periférica, revulsivo tópico, tonificante, descongestionante, antiinflamatório, antiacne e estimulante do couro cabeludo.

Arruda: tem ação anti-hemorrágica, calmante e anti-reumática.

Aveia: tem ação emoliente, nutritiva, hidratante, remineralizante, restauradora de tecidos, suavizante e amaciante.

Avelã: tem ação emoliente, amaciante, suavizante. Devido sua emoliência é indicado em produtos para o corpo e cabelo.

Bambu: tem ação hidratante, emoliente, restaurador, remineralizante, condicionador. Indicado contra o envelhecimento precoce dos tecidos e para restaurar a estrutura dos cabelos e melhorar a textura e o volume.

Barbatimão: tem ação adstringente, anti-séptica, antiinflamatória. Utilizado em preparações capilares no combate a oleosidade, caspa e seborréia, em produtos para afecções da pele e mucosa.

Bardana: tem ação adstringente, emoliente, remineralizante, suavizante, antiinflamatória, anti-séptica (bactericida e fungicida), antiacne, anti-comedogênico, hidratante.

Bétula: tem ação adstringente; tônico, estimulante,antiqueda e anticaspa, tônico capilar. Ajuda a eliminar a caspa e a seborréia.

Calêndula: para acalmar a pele sensível ou irritada, também para de desinfetar feridas menores e tratar infecções.

Camomila: tem ação emoliente, cicatrizante, suavizante, lenitiva, refrescante, antiinflamatória, descongestionante, protetora dos tecidos, anti-acnêica, filtrante das radiações solares e anti-alergênica (para peles facilmente irritáveis).

Castanha da Índia: aumenta a resistência e o tônus das veias, diminui a permeabilidade e a fragilidade capilar, ativa a circulação sanguínea e favorece o retorno venoso.

Castanha do Pará: Tem ação emoliente, nutritiva, lubrificante, vitaminizante.Apresenta amplo êxito na conservação da textura da pele.

Cavalinha: possui ação remineralizante, sebostática, antiinflamatória, antiacne, vulnerária, tonificante, cicatrizante, adstringente genito-urinário e revitalizante.

Centella Asiática: tem ação emoliente, cicatrizante, protetora e restauradora de tecidos, descongestionante, vaso protetora. Melhora a elasticidade da pele. Indicado no tratamento externo da celulite e para pele oleosa;

Chá Verde: Estimulante, adstringente, antioxidante, antilipêmico, adelgaçante, antibacteriano. Melhora a microcirculação periférica, normalizando a permeabilidade capilar.

Erva-doce: Ação refrescante, desodorizante, suavizante, calmante, anti-séptica, antimicótica, confere odor agradável.

Framboesa: Por conter taninos possui efeito adstringente na pele, proporcionando uma diminuição das secreções das glândulas sudoríparas. Possui ainda propriedades: hidratante, refrescante, e antioxidante da pele por conter grande quantidade de ácido ascórbico.

Gérmen de Trigo: Rico em vitamina E, dá vitalidade à pele, retarda o envelhecimento e evita varizes.

Ginkgo Biloba: tem ação hidratante, estimulante da circulação periférica, protetora contra radicais livres, reestruturante, bio-energizante, ação antiinflamatória.

Ginseng: tem ação tonificante, cicatrizante, antiinflamatória, refrescante, estimulante celular, restauradora de tecidos, hidratante, nutritiva.

Hamamélis: tem ação adstringente, vasoprotetora, vasoconstritora,descongestionante, antioleosidade, anti-acnêica. Indicado nas afecções venosas como varizes, flebites, hemorróidas; em preparações para oleosidade excessiva da pele e do couro cabeludo.

Hera: tem ação inibidora sobre os fungos, além de propiciar uma ação antibiótica.

Hibisco: tem ação refrescante, purificante, antiinflamatória, suavizante, antioxidante, tônica e protetora do sistema venoso.

Jaborandi: tem ação estimulante celular, ativador da produção de secreção, restaurador de tecidos e tônico capilar. Estimula o couro cabeludo, melhora o brilho e trata a queda do cabelo.

Lavanda: tem ação anti-séptica, cicatrizante, estimulante da circulação periférica, refrescante, repelente de insetos, purificante de peles acnêicas.

Macela: tem ação antiinflamatória, calmante, bactericida, miorrelaxante, estimula a circulação sangüínea periférica. Indicado como auxiliar em tratamentos para queda de cabelos, em produtos para peles e cabelos delicados, como auxiliar na proteção solar.

Mamão Papaya: Possui propriedades hidratante, suavizante, remineralizante e renovadora das células da epiderme, principalmente através da ação da enzima papaína e das vitaminas.

Melancia: Possui propriedades antioxidantes devido a presença de vitamina A e C, proporcionando um combate aos radicais livres, além dos efeitos hidratantes e umectantes para a pele e cabelos gerados pela glicose e sais minerais presentes.

Pepino: tem ação hidratante, amaciante, anti-séptico, refrescante, emoliente, clareador de manchas. É ligeiramente adstringente. Indicado como auxiliar no tratamento da sarna, coceira, irritações da pele, assaduras, acne.

Pimenta (Capsicum): Possui ação rubefaciente, refuscante, tonificante, ativadora da circulação local.

Própolis: tem ação cicatrizante, antiinflamatória, bactericida, protetora e regeneradora de tecidos, calmante de irritações da pele.

Rosas Rubras (vermelhas): propriedades adstringentes e de limpeza profunda, que auxiliam na regeneração celular e controlam a oleosidade da pele.

No próximo post: Ativos botânicos 2 – Óleos Essenciais.

Beijinhos =)